Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1975 - Agosto)

Noel Rosa (1910-1937)

Se no ano passado, João Luiz Ferreti mereceu a escolha de "pesquisador do Ano", em termos fonográficos, apontado por alguns críticos e jornalistas paulistas, em 75, por certo, seu nome, não será esquecido em votações mais importantes - e não me surpreenderei, inclusive, se não vier a receber o troféu "Estácio de Sá", que o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro anualmente outorga a uma personalidade que tenha dado grande contribuição a nossa emepebe.

Mané & Paulinho Nogueira

Exultai, fãs do bom violão! Na praça, um disco-solo de um grande instrumentista, esquecido durante tantos anos: Manoel da conceição, o bom Mão de Vaca. Preparai-vos fãs de Paulinho Nogueira, para ouvir um elepê do grande mestre, executando apenas o instrumento que inventou: a craviola! Dois discos dos mais interessantes, aproveitando o brasileiríssimo instrumento que o grande Catulo da Paixão Cearense introduziu na sociedade musical brasileira - e hoje é ainda o mais básico dos complementos da nossa MPB.

Einhorn e as músicas que ganharam o Oscar

Mauricio Einhorn, um nome que para o grande público talvez não pareça conhecido. Entretanto, um dos maiores talentos instrumentais em nosso País e também compositor dos mais inspirados. E com o detalhe de ser um dos únicos executantes de um pequeno grande instrumento: a harmônica ou gatinha de bôca.

Chico & Bethânia

Faz mais de uma década que a gravação de shows musicais resultam em ótimos resultados de vendas. Afinal, é uma forma de preservar momentos perfeitos (ou não) da MPB nos palcos (teatros, boates, faculdades) e, democraticamente, permitir que o público da mais distante cidades conheça, ao menos auditivamente, os momentos de calor & emoção musical, presenciados pelos privilegiados espectadores das grandes capitais.

Arthur, Maysa, etc.

Uma nova parceria pode nascer para a música brasileira: Maysa e Arthur Moreira Lima.

A Cidade & O Tempo

A grandeza humana fez do professor Júlio Moreira (1899/1975), um homem sempre preocupado com a memória de sua cidade. E isso o levou, há quase dez anos, a iniciar pesquisas para estabelecer exatamente o ponto em que Curitiba foi fundada por Eleodoro Ébano Pereira. Após muito trabalho, em que se embrenhou pelos campos e cerrados da região do Atuba, conferindo antigas informações, o historiador conseguiu estabelecer exatamente o ponto em que a nossa cidade nasceu.

O poeta & a homenagem

O palco do auditório Bento Munhoz da Rocha Neto é tão imenso, que debaixo dele foi construído um novo teatro. Embora não tivesse sido previsto em 1950, quando o arquiteto Rubens Meister fez o projeto original do Teatro Guaíra, o amplo espaço sob o palco do chamado grande auditório, foi adaptado para um miniauditório que, com 127 lugares, se destinará à parte prática do Curso Permanente de Teatro e espetáculos de bonecos (fantoches, marionetes etc.), destinados à criançada.

Trivial variado

Primeira (e dedicada) missão atribuída ao deputado Álvaro Dias, novo secretário-geral do MDB no Paraná: convencer Enéas Faria a não deixar o partido e evitar a cisão interna que poderá prejudicar muito a oposição nas próximas eleições. A diretoria do Santa Mônica Clube de Praia - Denisio Belloti (presidente), Sergio Montenegro Silva (vice) e Cornelio Capaverde (diretor social) à frente - está deslanchando uma programação para dinamizar a entidade, aproximando-se inclusive dos clubes de Paranaguá.

Raulzinho, um trombone internacional (dos búfalos do Passeio à Califórnia)

Quando era sargento da Força Aérea Brasileira, como integrante da Banda de Música da Escola de Oficiais e Especialistas e Guarda, Raul de Souza aumentava seu soldo de militar, tocando em boites de Curitiba e na orquestra de Osval Siqueira, nos anos 50 e primeira metade da década de 60, a melhor que existia no Paraná. Entre as boites em que atuava, estava a Tropical, em pleno Passeio Público, então explorado pelo godather Paulo Wendt (1914-1967).

Michael Jackson

Michael Jackson é bastante conhecido do público brasileiro, onde já existe uma razoável fonografia com seu trabalho - sozinho ou em família (Jackson Five). Com apenas 11 anos, Michael tornou-se (em apenas 6 meses) um dos mais populares crooners de um conjunto (Jackson Five), nos Estados Unidos e em vários países. Bom dançarino, cantor e showman (melhor dizendo, showboy) Michael muito cedo ganhou reputação e aos 12 anos já podia contornar qualquer emergência ou imprevisto que surgisse durante suas apresentações.

O bravo Capitão Furtado

Aos 68 anos, quase 50 de atividades ligadas ao rádio e a fonografia paulista, o Capitão Furtado - como é conhecido o estimado Ariovaldo Pires, é sem dúvida a única memória de um gênero musical marginalizado, mas brasileiríssimo em suas origens: a canção sertaneja.

Bocagate

A pesquisa que o trefego Raphael Valdomiro Grecca de Macedo fez sobre os tipos populares de Curitiba, por sugestão da bibliotecária Lidia Bindo Dely, diretora da Casa Romário Martins, cresceu tanto que já não cabe mais num simples boletim, da Fundação Cultural. O diretor executivo, Carlos Francisco Solheide, sensível as coisas da cidade, decidiu então publicar o trabalho de Raphael em forma de livro, que com ilustrações do estimado Jair Mendes, diretor do Museu Guido Viaro e reproduções de charges da revista "Ôlho da Rua", sai em setembro, com o título de "Cada um cai do bonde como pode".

Poluição em Rio Branco

Quando há um despertar nacional da chamada consciência ecológica - que o diga o sargento Mariano Cyganczuk, epistolarmente o mais preocupado paranaense com a preservação da natureza, com cartas publicadas semanalmente em O ESTADO e mais uma dezena de outros veículos nacionais começa a crescer a preocupação de médicos e sanitaristas pelo aumento das doenças nas vias respiratórias nos habitantes do município de Rio Branco do Sul.

Atleticanas ...

Atleticano entusiasta e homem de grandes idéias, o arquiteto Ayrton Cornelsen está dando seu know-how de planejamento e contatos internacionais, ao clube de seu coração. Segunda-feira à noite, foi autor de uma proposição, já aprovada, capaz de garantir mais de Cr$ 1.000.000,00, para que a nova diretoria, presidida pelo sr. Anibal Curi, possa deslanchar uma excelente administração. Lolô Cornelsen propôs a efetivação de um jantar-da-vitória, reunindo 3 mil associados no Pinheirão Colônia, na noite de 16 de setembro (um dia após a eleição da nova diretoria), cada a adesão custando Cr$ 500,00.

Ufologia

Como o professor Allen Hynek, diretor do Departamento de Astrofísica e Astronomia da Universidade de Northwestern, EUA, apesar de toda sua intimidade com os Objetos Voadores Não Identificados, necessita, ainda, voar em objetos convencionais - ou seja, os aviões comerciais - o jornalista Carlos Marques, coordenador do 1o Simpósio Internacional de ufologia, passou a última semana dando tratos à imaginação para conseguir recursos que permitissem enviar a passagem aérea, garantindo a presença de Hynek no encontro que será realizado em Curitiba, a partir do dia 12 de setembro.

Queimada

Maria Luisa Merkle (Curitiba): "E continuam as queimadas. Sim, infelizmente há pessoas que não progridem no seu método de trabalho - ou por teimosia ou por ignorância. Ambas as razões não justificam que se continue a fazer queimada de campo ou de mata, porque é processo antiquado que, além de consumir madeira de espécies próprias para os mais variados fins, representando dinheiro, ainda destrói a flora nativa da região e também o que existe no solo, que fica calcinado e sem os microorganismos necessários.

Cine Central, 55 anos

55 anos de funcionamento ininterrupto de um cinema é sem dúvida uma data que merece ser comemorada. Ou, ao menos, registrada. Hoje, projetando o bangue-bangue pastelão spaguetti. "A dupla explosiva", com Bud Spencer e Terence Hill, o cine Central, de Irati, marca o 55o ano de exibições. Inaugurado pelo imigrante polonês João Vasilewki, 77 anos, em 28 de agosto de 1920 nos salões do clube Operário Irati, com o filme da Universal "Com Direito a Felicidade", o Central pouco mudou nestas cinco décadas de existência.

Anibal & o futebol

Mineiramente astuto, como felpuda rapôsa que sempre foi, Anibal Curi reafirmava ontem não entender nada de futebol, atribuindo assim a pura especulação todo o noticiário em torno de contratação de técnicos e jogadores (falou-se inclusive que viria João Saldanha) para o Atlético. Apesar do clima de euforia que cerca seu próximo ingresso no glorioso clube rubro-negro, Anibal tem dito sempre que não pretende interferir nos aspectos técnicos, limitando-se a ação administrativa.

Musicais

O maestro Carlos Eduardo Prates, um dos jovens regentes brasileiros de maior prestígio na Europa (residiu vários anos na Alemanha Ocidental) chega sábado em Curitiba, pois na segunda-feira, em promoção da Fundação Teatro Guaíra, inicia o Curso de Música da Primavera, com aulas sobre iniciação musical de crianças, regência sinfônica e coral, interpretação lírica e de câmara e interpretação estilística e técnica de correpetição - * - A pianista Eudóxia de Barros, que anos atrás gravou três belos elepes com músicas de Ernesto Nazareth, apresentou-se ontem no auditório da Reitoria, sob patrocínio

Sargentelli for tourist

Oswaldo Sargentelli descobriu há alguns anos o mapa da mina: mulatas apetitosas, um repertório de sambas conhecidos e espetáculos estilizados ao gosto do público internacional. Resultado: é hoje um dos homens mais ricos do show bussiness nacional, tão endinheirado que depois de permanecer anos contratado da boate Sucata, no Rio de Janeiro, acabou comprando aquela boate na Lagoa, que havia aumentado ainda mais a fortuna do paulista Ricardo Amaral.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br