Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1976 - Julho)

Clássicos

YEPES INTERPRETA RODRIGO - Narciso Yepes, espanhol de Lorca, 49 anos, é um dos mais vigorosos violonistas contemporâneos. Estreou em apresentação pública em Madri aos 20 anos com o "Concerto de Aranjuez" e hoje faz [freqüentes] tournées pela Europa, América e Japão. Um de seus autores favoritos, é Joaquim Rodrigo (Sagunto, província de Valencia, 22 de novembro de 1902), conhecido no Brasil principalmente por "Concerto de Aranjuez" (1939), mas com uma obra numerosa.

Leituras

A Editora Nova Fronteira continua fazendo bons lançamentos. Por exemplo, em "Os Médicos", romance de Henry Denker, escritor e teatrólogo consagrado nos Estados Unidos, um médico dedicado e idealista luta contra dois mundos: o da medicina e o da lei. De um lado o jovem pediatra Christopher Grant. Do outro, o multimilionário John Stewart Reynolds. Uma criança doente os leva a um agitado caso judicial, processo marcado pelo amor e pelo ódio.

As rosas que viraram um elefante (branco)

Concretizado o negócio já há alguns meses, um poderoso grupo econômico francês, do qual faz parte inclusive o Credyte Lionnais (uma das maiores organizações bancárias da Europa), não decidiu como aproveitar a imensa área onde, até há um ano, existia a mansão das rosas, - na Avenida João Gualberto. O projeto original - a construção de duas torres de apartamentos classe "a", preservando todas as árvores ali existentes - foi por água abaixo, com a nova lei de zoneamento. xxx

Vinhos futebolísticos

O médico Esperidião Ferez, presidente da Federação Paranaense de Futebol, reservou uma boa verba de seu orçamento para adquirir algumas dúzias de aristocrático vinho "Clos De Nobles", produzido em Bento Gonçalves. xxx

Curtição baiana

Renovar, como navegar, é preciso. Assim pensam os musicais baianos da MPB que, pelas vozes de um de seus arautos, Gilberto Gil, também proclamam a necessidade de "aperfeiçoar o imperfeito" em busca da meta que é a perfeição. Assim, não se poderia esperar da união de quatro artistas inquietos - Caetano Veloso, Gilberto Gil, Maria Bethania e Gal Costa - um recital bem comportado.

Editoras

Benedito Luz e Silva, um jovem escritor paulista cansou-se de bater às portas das grandes e pequenas editoras para publicar os seus livros, de forma que acabou criando a sua "Editora do Escritor". Independente, fora dos esquemas mercadológicos - e por isso mesmo ainda com pequena repercussão nos Estados - Luz e Silva vem, entretanto, publicando importantes livros, principalmente de autores jovens. Através de várias coleções já lançou mais de 50 títulos, entre contos, romances, poesias e ensaios, além de livros infantis.

Sinatra inédito

Jonas Silva, 48 anos, 35 de atividade ligadas à música e à fonografia, passou o dia ontem na cidade, visitando seus clientes e constatando, mais uma vez, a precariedade do mercado de discos da cidade: em pouquíssimas lojas da cidade, encontraram-se os lançamentos de sua etiqueta, a Imagem. Funcionando independente dos grupos multinacionais, faz, entretanto, algumas das mais interessantes edições. xxx

Engenharia de Hoje

Com direção técnica do ex-presidente do BNH, Mário Trindade, a Bloch Editores está lançando o número um de sua nova revista de circulação dirigida - "Engenharia de Hoje". No momento em que a Abril abandona as revistas técnicas, entregando as publicações do grupo aos seus ex-editores, a Bloch fortalece cada vez mais esta faixa, que já conta com "Medicina de Hoje" e "Agricultura de Hoje", esta premiada com o Prêmio Esso de 1975, como "melhor contribuição a imprensa". xxx

LP - Marketing

Dentro do esquema de música-marketing, produzida em escala industrial para, a baixo do preço, abarrotar os balcões de ofertas das lojas, valem todos os esquemas. Assim, "Ruído Jovem" (Copacabana, SOLP 40702, julho/76) é um disco neste estilo, reunindo composições de diversas tendências, em gravações comerciais, suficientes apenas para atingirem o público menos exigente, que a consome movido pela divulgação intensa, principalmente via telenovelas. Assim, com interpretações das mais discutíveis, temos desde "Tico Tico" (Zequinha de Abreu) e "Quizas Quizas Quizas" (Oswaldo Farres/ J.

Cineasta argentino

O raquítico e (ainda) inexpressivo muito cinematográfico da cidade está recebendo mais um corajoso membro: o argentino Hugo Daniel Mengarelli, 29 anos, que apesar de vários cursos identifica-se especialmente como cineasta. E, em seu curriculum, já conta com vários documentários, realizados em várias bitolas. xxx

Criação coletiva

Uma mostra de criatividade coletiva foi dada na bolação do original poster-programa de "Locomoc e Milipili", peça infantil que terá estréia nacional no domingo, às 10 horas, no auditório Salvador de Ferrante. O diretor do espetáculo, o alemão Wolfgang Kolneder, trouxe um cartaz da encenação da mesma peça no Ceilão.

Caras novas nos anúncios

As agências de publicidade da cidade estão procurando caras novas para os filmes e anúncios, com rostos capazes de permitirem maior criatividade aos seus trabalhos. Assim é que na campanha da Metropolitana, o rosto do cidadão apalermado, que aparece em close-up - tanto nos anúncios de jornais como na televisão - é de Amaury Lustosa, integrante do grupo vocal Opus-4. Dono de bela voz, Amaury é um dos grandes conhecedores de jazz da cidade e com o que faturou posando nesta campanha, pode importar mais meia centena de discos para sua coleção. xxx

Os Brzezinskis se entendem ...

Se o democrata Jimmy Carter chegar à presidência dos Estados Unidos, neste ano do Bicentenário, e, como se fala o professor Zbigniew Brzezinski substituir a Henry Kissinger pode-se dizer que há ao menos um paranaense ligado ao novo Secretário de Estado americano: o desembargador Isidoro João Brzezinski. xxx

Mercado plástico

A partir do dia 23 mais uma grande loja de móveis - a Cimo - entra no mercado de artes plásticas: na loja Cajuru, permanentemente haverá exposições de artistas locais e de outros Estados. Para coordenar a primeira exposição, a Cimo convidou o desenhista Enio Marques Ferreira, presidente da Fundação Cultural de Curitiba e um dos homens mais respeitados nos meios de artes plásticas do Sul. xxx

A 5ª de Beethoven

Só mesmo o fato de ser incluído na trilha sonora de uma telenovela - e com isso rompendo as barreiras comerciais - poderia motivar a edição de um dos trechos da 5ª Sinfonia de Beethoven em compacto simples. Por isso acontece agora, em que o excelente maestro e compositor remeber "Wings" francês Michel Colombier fez um arranjo especial d a5ª de Beethoven", que na interpretação da Big Daddy Orchestra, aparece em CS, Philips. xxx

Calazans, o editor

Calazans Neto, ao lado de suas atividades como gravurista do primeiro time, dedica-se também, em sua casa-ateliê na Rua das Amoreiras, em Salvador, a editar livros de arte, através da Macunaíma, que fundou há mais de 15 anos, em sociedade com o seu amigo Glauber Rocha (que, após 5 anos de Europa está de volta ao Brasil). E pela Macunaíma, [Calazans] publica livros-álbuns que tem compradores selecionados, espalhados em todo o Brasil e mesmo no exterior. xxx

Bamerindus, a campanha do ano

A Umuarama Publicidade, que com um filme institucional sobre educação de trânsito ganhou o "Leão de Ouro" do XXVIII Festival do Filme Publicitário, em Cannes, poderá, com muita justiça, receber vários outros prêmios ainda este ano. Um deles para a melhor campanha de rádio, através das mensagens institucionais que após veiculação, como teste, em apenas duas rádios, será levada a todo o País, com patrocínio do Bamerindus. xxx

Uma rua chamada Francisco

Uma das menores e mais antigas ruas de Curitiba a São Francisco, que atravessa apenas três quarteirões no Setor Histórico-Tradicional, terá em seu último trecho, em breve, apenas destinação cultural. Para isso basta que a Prefeitura destine recursos para desapropriar alguns antigos casarões entre o largo Coronel Enéas e a Avenida Barão do [Serro] Azul. xxx

Trilhas sonoras

Gravadora constituída exclusivamente de capital nacional, enfrentando terríveis problemas - mas, graças à uma direção organizada conseguindo sobreviver e se impor no mercado nacional, a Copacabana preocupa-se em ter um catálogo comercial, capaz de permitir enfrentar os seus grandes compromissos comerciais. Isso explica o lançamento de elepês-marketing, capazes de obterem fácil colocação.

As mortalhas de Menezes

Os imortais de nossas múltiplas academias e centros de letras - incluindo as entidades feministas, por certo vão adquirir e guardar o número de "Manchete" que ontem amanheceu nas bancas: a seção "As Obras-primas que poucos leram" é dedicada a irônica obra "Mortalhas", do curitibano Emílio de Menezes (4 de julho de 1866 - 4 de junho de 1918). xxx
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br