Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1990 - Novembro)

Conheça hoje a Josephine Baker quando jovem atriz

Felizmente a gafe cometida na primeira seleção dos filmes que foram programados para o segmento local da 14a. Mostra Internacional de Cinema de São Paulo foi corrigida ao menos em parte: dos dois históricos filmes estrelados pela cantora-atriz Josephine Baker (1906-1975), que foram restaurados recentemente e exibidos em fevereiro/89, no Fil Forum 2, cinema de Nova York especializado em clássicos e filmes de arte, ao menos um acabou vindo para Curitiba: "A Princesa Tam Tam", 1935, de Edmond T. Graville (1910-1966). Infelizmente "Zou Zou", 1934, de Marc Allegret (1900-1973) não virá.

As grandes vozes, de Billie a Dionne interpretando Cole

Há alguns anos, quando a CBS lançou um elepê de Billie Holiday (1915-1959) na época (1973) praticamente desconhecida no Brasil, um grande amigo, Arnaldo Fontana, já falecido, entusiasta da cantora, dizia: "Rezo para que este disco faça sucesso e a CBS edite todos os seus discos".

Arthur revisita Villa

Chegando aos 50 anos - completados dia 16 de julho último - o carioca Arthur Moreira Lima no alto de um prestígio internacional que o inclui no podium dos mais respeitados pianistas do continente vem, há mais de 10 anos, diversificando cada vez mais sua carreira.

O iluminado piano de Fábo Luz

Se Arthur Moreira Lima é hoje um pianista (erudito) popular no Brasil, há vários outros virtuoses de nosso país que, fazendo suas carreiras no Exterior, ainda não conseguiram se tornar nomes conhecidos - justamente por espaçarem suas apresentações e, sobretudo, não terem gravações aqui lançadas regularmente.

Histórica jam session realizada há 33 anos

A rigor todos os discos que ganham o selo "Columbia Jazz Masterpieces" são realmente obras-primas. Selecionados criteriosamente tanto na montagem original feita nos EUA, como na programação que Maurício Quadio coordena no Brasil, os tesouros jazzísticos do baú da velha CBS - hoje Sony Record, pois foi adquirida pelo multinacional grupo nipônico - trazem o que de melhor se produziu no jazz.

Os separatistas do Iguaçu e o país com que sonha Tramujas

Ao contrário de Ildo Marx, outro gaúcho separatista, Sérgio Alves de Oliveira, defendia há três anos a criação de uma República Sulina - "Independência do Sul" (Martins Livreiro Editor, 80 páginas, 1988) na qual incluía também o Paraná. Marx preferiu ficar apenas com parte de Santa Catarina e Rio Grande do Sul, ignorando totalmente o Paraná - apesar da forte presença migratória gaúcha nas regiões Oeste e Sudoeste.

Marx quer a República do Pampa Gaúcho, Tchê!

Luiz Groff, 54 anos, um bem sucedido engenheiro civil que se tornou executivo em vários setores, ex-presidente da Cidade Industrial, idealizador e coordenador do "Programa Nosso" (de apoio às microempresas), hoje também diretor de marketing do grupo Olsen é, antes de tudo, um homem bem humorado.

No campo de batalha

Fã da Bossa Nova em sua juventude, o prefeito Jaime Lerner, 54 anos - a serem completados na próxima semana, percebeu que o nome do arquiteto da Prefeitura de Petrópolis que lhe fora apresentado em uma visita ao seu gabinete soava conhecido: Luvercy Fiorini. Bastaram alguns momentos para o alcaide recordar a letra de um dos clássicos gravados por Alaíde Costa que o entusiasmou há 28 anos passados: "Aonde Está Você".

O primeiro filme a cores de Antonioni

Poucos produtos da indústria cultural/entretenimento têm uma mídia tão grande como o vídeo. Espaços generosos se abrem na imprensa, revistas e jornais especializados são lançados e mesmo na televisão - em si, concorrente ao vídeo - também há programas que abrigam as novidades do setor, como o "Cinemania" que Wilson Cunha apresenta na "Manchete". Assim, repetir o óbvio, falando de quase meia centena (ou mais) de vídeos que as distribuidoras colocam mensalmente nas locadoras nos parece repetitivo.

Videonotas

Robert Altman, 65 anos, o cineasta americano mais cultuado pela crítica francesa dos anos 70, sempre foi uma viúva de James Dean (8/2/1931 - 30/9/1955) que morreu dois anos antes que ele chegasse à direção (1957, com "Os Delinqüentes").

Brenda, Lita e Vanessa, o novo som das mulheres

Mais um punhado de discos de cantoras - desde veteranas como Ella Fitzgerald, mitos como Billie Holiday (1915-1959) até gente nova, buscando seus espaços. Comecemos falando das new voices.

Uma lição do mestre Francis na imprensa

Existem textos que merecem ser afixados defronte nossos olhares pela carga de verdade que trazem. Durante anos, o jornalista Mussa José Assis, 47 anos, ex-secretário de Comunicação Social do governo Álvaro Dias e que, esperamos, retorne agora à nossa redação - cujo comando teve sua marca desde 1965 - manteve sobre o vidro de sua mesa de trabalho um antológico texto de Ernest Hemingway (1899-1961), no qual o autor de "Adeus às Armas" fala sobre a profissão de repórter.

No campo de batalha

Descrente com o clima de penúria criativa nas artes plásticas locais, a estudiosa da área, Marlene Almeida, da equipe de O Estado do Paraná, foi para a Europa, circulando 30 dias entre os museus e melhores galeria de Madrid, Londres e Paris. Voltou entusiasmada com o que viu mas continua pessimista com o que (re)encontrou ao voltar. xxx Marlene é a correspondente no Paraná da revista "Galeria", uma das mais sofisticadas publicações de artes visuais e, a partir de agora, representa regionalmente outro veículo classe "A": a ultra sofisticada revista "Ventura". xxx

Mostra para inglês ver perde público

Apenas 4 (quatro) espectadores se animaram a assistir "Perdidos em Amsterdan", de Pim de la Parra, 50 anos, nascido em Paramaribo, Suriname, na sessão da meia-noite, domingo, no Cine Ritz. Tentativa de fazer um filme noir, com uma trama repleta de clichês decalcados dos clássicos do gênero, "Lost in Amesterdan", rodado em preto e branco, falado em inglês, frustrou quem esperava ver um filme de qualidade. Programado inicialmente para o dia 20, sua exibição foi antecipada porque teria sido classificado para o Festival de Cinema de Ottawa.

No campo de batalha

Apesar da distância, o Japão está cada vez mais próximo do Paraná tal o número de técnicos do Estado que têm recebido generosos convites. Nesta semana quem viajou para Togo, a fim de participar do IV Simpósio Nipo-Brasileiro de Educação foi a professora Quintina Ferreira da Silva. xxx

Antoine, um arquiteto que traz a medicina e ecologia oriental

A presença de Antoine Stauder, 39 anos, terapeuta francês, professor de Medicina Oriental e Shistsu, formado pelo Kushi Institut, em Boston, fazendo cursos, palestras e mesmo atendendo a um (reduzido) número de pessoas no Centro Corporal Milena Morozowicz (Alameda Princesa Isabel, 160, fone 234-6937) não limita seu interesse apenas em ser um conceituado profissional com conhecimentos profundos em áreas como o diagnóstico Visual, Shistsu e o Tao do Amor.

O romantismo de Laura, poeta negra da cidade

Se não fosse a memória de Helena Kolody talvez nunca mais fosse lembrado o nome de Laura Santos. A nossa maior poeta (que muitos insistem em chamar poetisa) em respeitadas entrevistas, sempre tem lembrado os méritos de Laura Santos, a única poeta que nasceu no Paraná e que morta há apenas nove anos, ficou totalmente esquecida dos "estudiosos" de nossa literatura, mesmo tendo três livros publicados em vida, todos em 1953. "Sangue Tropical" (que chegou a ser premiado pela Academia José de Alencar), "Poema da Noite" e "Desejo".

Maranhão, o homem de nosso teatro amador

Em dezembro, o Teatro do Estudante do Paraná apresenta uma nova peça - "A Morta Viva". Após uma curta temporada no miniauditório Glauco Flores de Sá Brito, estará sendo levada a Feira de Santana, na Bahia. Seria apenas um pequeno registro, se não tivesse um detalhe: significa que o mais antigo grupo de teatro amador do Paraná continua em atividade - e com ele também o seu fundador e principal animador, Armando Maranhão, 61 anos, completados dia 18 de junho último, 42 de atividades artísticas. Em sua modéstia nordestina, tranqüilo, Maranhão é discreto:

No campo de batalha

"São Paulo, SP", o decepcionante documentário rodado pelo holandês Oliver Konig na capital paulista, exibido no último dia 8, trouxe duas referências a Curitiba: a menção ao aeroporto Afonso Pena no início e, ao final, o nome de Bebete (Elisabeth Gurgel do Amaral, como consultora de textos). Formada em jornalismo, poeta ("Coisas"), autora de uma pesquisa sobre Maria Bueno, Bebete morou durante cinco anos em Amsterdan. Para alegria de seus pais, Telinha (Maria Stela) e Luís Amaral Gurgel, está retornando agora ao Brasil. xxx

Fellini visita Anita na bela "Entrevista"

Impossível deixar de reconhecer: se o lixo da produção cinematográfica internacional continua a rechear as locadoras, há também algumas edições de primeira categoria. Por exemplo, pouco a pouco, vamos tendo no Brasil os filmes de Fellini, só para dar um exemplo maior. Após "Amarcord", "Os Boas Vidas", "A Trapaça" e "As Noites de Cabiria", chega a vez do recentíssimo "Entrevista" chegar em lançamento da Look Vídeo.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br