Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1991 - Abril)

Renata Valentine

Iniciando atividades com força total, a elétrica Verinha Walflor promove hoje e amanhã as apresentações do "Plural" com Gal Costa (Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto) e prossegue de quinta a domingo, já no Auditório Salvador de Ferrante, com a estréia nacional de "Shirley Valentine", monólogo do inglês Willy Russel, que valeu o sucesso a então desconhecida (fora de Londres) Pauline Collins - também estrela do filme de Lewis Gilbert e que teve a indicação ao Oscar de melhor atriz em 1990 (perdeu para Jessica Tandy por "Conduzindo Miss Daisy").

Norton, agora, é também professor universitário Norton, agora, é também professor universitário Norton, agora, é também professor universitário

Mais um reconhecimento nacional à competência e talento do curitibano Norton Morozowicz. Apesar da crise pela qual atravessa o ensino superior no Brasil, com as universidades enxugando seus quadros e reduzindo cursos, o seu esplêndido curriculum internacional lhe valeu a contratação, por quatro anos, como professor-visitante da Universidade Federal de Goiás.

No campo de batalha

Impressionante o crescimento do mercado para discos CD nos últimos meses. A mais nova loja - Ultra Disc - inaugurada na Avenida Augusto Stresser, vem fazendo uma grande campanha de lançamento. xxx Com a amplitude do mercado, os representantes das gravadoras estão sorrindo bastante. O veterano Roberto Berro, 53 anos, 31 de fonografia, desde 1969 no Paraná - e considerado um dos mais competentes homens da área - ultrapassou a cota que a Polygram havia estabelecido para este primeiro trimestre - com vendas que cresceram 122% em vinil e 533% em CD. xxx

Sexo & letras quando Paris era uma festa

É sempre bom lembrar aos que esqueceram - e contar a maioria que desconhece - que foi um jornalista curitibano que tornou possível, no início dos anos 60, que uma geração de brasileiros se extasiasse (e se masturbasse) com a leitura de um dos clássicos da literatura maldita contemporânea: "Trópico de Câncer".

Os diários de Anais e as loucuras de Miller

A obra de Henry Miller, editada no Brasil a partir de 1962 pode ser relativamente fácil de encontrar. Os filmes de vanguarda que Ian Hugo realizou até hoje nunca chegaram ao Brasil e June, quem diria, acabou como assistente social no Brooklyn, na mesma Nova Iorque em que nasceu!

Resnais discute em quadrinhos o choque cultural França-EUA

No início dos anos 60, quando o preconceito e mesmo a intolerância cercavam as histórias em quadrinhos - e os chamados "gibis" eram combatidos por pais e educadores como inimigos mortais - o fato de dois brilhantes cineastas europeus terem assumido sua admiração pelos comics, fez com que muitas vozes inimigas dos super-heróis se calasse: Alain Resnais e Federico Fellini curtiam os gibis e confessavam, inclusive, influências estéticas de suas leituras.

O talento plural de uma internacional Gal Costa

Após uma inesperada (para o público) entrada via platéia de sete entusiastas crioulos do "Raízes do Pelô" com esfuziante percussão, são quinze minutos de emoção: o violão de um dos grandes virtuoses da nova geração, Marco Pereira, emoldura a voz carinhosa e suave, daquela que é hoje, em seu estilo, a melhor cantora brasileira: Gal Costa.

Voz e violão na perfeição de Ney Matogrosso e Rafael

A abertura de "Plural", com o violão perfeito de Marco Pereira e a voz maior de Gal Costa é tão suave que, os mais ortodoxos fãs de nossa MPB, dispensariam inclusive outros instrumentos (o que baratearia o custo por apresentação, hoje ao redor de Cr$ 4 milhões).

A guerra dos DAS-5

Uma bolsa das mais originais e exclusivas está acontecendo no primeiro escalão do governo Roberto Requião: a permuta das disputadas funções gratificadas dos gabinetes.

Estranha exclusividade

A temporada de concertos da Sinfônica do Paraná, com uma série de compromissos agendados para este semestre, poderá ser interrompida por culpa da Secretaria Municipal da Cultura. A estranhíssima e inesperada decisão daquela pasta em exigir dedicação exclusiva por parte de quatro dos melhores músicos da Osimpa que também atuam na Camerata Antiqua de Curitiba, visa desfalcar a orquestra estadual de músicos indispensáveis para suas apresentações.

Museu Paranaense não aceita perder a sua boa instalação

O professor Maury Rodrigues da Cruz, 55 anos, reconduzido à direção do Museu Paranaense, surpreendeu-se ao saber que existe a idéia de transferi-lo para um outro local - no caso da Prefeitura reassumir o prédio em que está instalado desde 16 de janeiro de 1976.

O sonho de Jaime é fazer gabinete da Prefeitura voltar à Generoso Marques

Dezesseis anos após ter, finalmente, conseguido uma sede condigna à sua importância cultural, o Museu Paranaense pode, no futuro, ficar novamente sem teto e ter que procurar uma nova sede. Oficialmente, a ameaça ainda não existe, mas os mais íntimos colaboradores do prefeito Jaime Lerner, como seu secretário de Comunicação Social, Jaime Lechinski, confirmam que desde sua segunda gestão ele pensa em fazer o gabinete do prefeito retornar ao antigo Paço da Liberdade - a belíssima construção estilo "Art Nouveau" inaugurada pelo prefeito Cândido de Abreu em 24 de fevereiro de 1916.

Os anos dourados dos Associados no Paraná

O prédio de 6.700 metros quadrados construído há mais de 20 anos no bairro do Pilarzinho para sede das empresas Associadas foi uma espécie de canto-do-cisne da era de prosperidade do império de Assis Chateaubriand (1891-1968) no Paraná.

A queda do império de Chateaubriand

A queda do império Associado a partir da morte de Assis Chateaubriand com a entrega do comando da rede nacional dos "condomínios" divididos por disputas internas, de poder e interesses imensos, se refletiria no melancólico final da empresa no Paraná.

Almas penadas no terreno que tem caveira-de-burro

Apesar de suas identificações apaixonadas ao brizolismo, o prefeito Jaime Lerner necessitará não só todo o fulgor de sua estrela como também a simpatia da área econômica do governo federal para levar adiante os projetos que tem envolvendo negociações com a Caixa Econômica Federal.

As sedes da Prefeitura, uma história a espera de edição

Se alguém pretender saber algo sobre os prédios que sediaram a Prefeitura de Curitiba desde que o município existe, é inútil se dirigir a própria. Embora existindo uma Fundação Cultural / Secretaria Municipal de Cultura, com uma diretoria de Patrimônio Histórico - dirigida, aliás, com competência, por uma das mais estimadas jornalistas da cidade, Maí Nascimento Mendonça - até hoje nunca houve preocupação de se catalogar todas as referências sobre a história física da Prefeitura.

Chico Viola, Orlando, Carmen e muitas outras vozes eternas

De certa forma, cada uma das etiquetas que se especializaram em reedições históricas refletem um pouco das preferências e visão de marketing de seus proprietários - colecionadores e profundos conhecedores da música brasileira do passado.

A época em que o Carnaval tinha a sua melhor música

Para compensar o total aniquilamento da música carnavalesca - hoje reduzida aos sambas-de-enredo, cada vez mais comerciais e construídos na base de linha de montagem industrial - felizmente a Moto Discos vem reeditando, em duas séries, os grandes sucessos dos carnavais do passado - inclusive com direito a um CD colocado a venda neste ano.

Leon, Chico, Manzo e outros caçadores de sons perdidos

Até o final dos anos 70, quem pretendesse conhecer a chamada época de ouro da música popular brasileira tinha poucas opções de escutar as grandes vozes, músicos e autores do período que cobre as décadas de 20 a 50.

Ademilde, 70 anos, com a maior agilidade vocal

Uma das fórmulas para apresentar intérpretes variados da velha guarda em trabalhos de reedição não deixa de ser aquela forma de "os grande sucessos...". A Moto Discos não foge à regra, e assim, em seu catalogo, dispõe de vários títulos agrupando ao total mais de 400 artistas, de diferentes estilos e gêneros, mas que sempre tornam-se importantes ser reapreciados pelos mais velhos - e revelados a uma nova geração disposta a perceber a beleza de nossa música do passado.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br