Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Biblioteca Pública do Paraná

Biblioteca Pública do Paraná

No campo de batalha

Consolidado em seus anos e agora editado em cores, "Bom Programa", criado pelo poeta Paulo Ciça e desde 1983 de propriedade da Designer Roselys Paciornik, tem estimulado alguns-concorrentes. Os quais, pelo visto, não tem conseguido maior sobrevivência. Três ou quatro ficaram no meio do caminho e atualmente há duas imitações, no mesmo formato, e buscando a mesma clientela: "Onde ir em Curitiba" (circulando há 31 semanas) e a recém-lançada "Curitiba - Night and Day". xxx

No campo de batalha

Já que falamos em Cristóvão Tezza e seu romance curitibano, registrem-se outros títulos que chegaram às livrarias, trazendo autores conhecidos ou não,, mas que merecem atenção. xxx

Espaços alternativos e direitos humanos em discussão na Jornada

Salvador - O mais importante documentário realizado no Brasil nos últimos anos sobre a questão cultural, "Memória Viva", de Octávio Bezerra, premiado no IV FestRio, continua inédito quase um ano após ter sido aplaudido pelos que o assistiram na única exibição realizada no Hotel Nacional. Bezerra, 44 anos, mostra-se revoltado com a Embrafilme: - "Não existe o menor plano de lançamento para este filme, nem para tantos outros projetos especiais, que ficam bloqueados devido à incompetência da empresa em sua área de comercialização".

No campo de batalha

A engenheira-agrônoma Maria Luiza Dhigini fez um curso de pós-graduação em Economia de Sistema Agro-Alimentar na Universidade de Vitero, na Itália, com resultados tão positivos que mereceu convite para estender seus estudos na área das Ciências Agrárias, agora na Universidade de Pisa. Veio a Curitiba, reviu os familiares e amigos e já se encontra novamente na Itália.

Viaro, um elevador de competência no Guaíra

Se o advogado Constantino Viaro sofresse do mal da vaidade - tão comum para alguns donos do poder nesta mui leal N.S. da Luz dos Pinhais - por certo que teria convocado um fotógrafo para estar em seu gabinete no entardecer de sexta-feira, 22. É que naquele momento, com a presença apenas do diretor administrativo Joel de Oliveira, a Fundação Teatro Guaíra sacramentou a instalação de um elevador para o auditório Bento Munhoz da Rocha Neto. Um cheque no valor de Cz$ 10 milhões foi entregue ao Sr.

Um poeta de bem com a vida: Luís Coronel

O professor Hélio de Freitas Pugliesi, um dos intelectuais curitibanos de mais sólidas leituras, não se conteve e foi o primeiro dos espectadores que lotavam, no entardecer de terça-feira, 7, o Auditório Paul Garfunkel, a inquerir o conferencista Luís Coronel sobre a "felicidade" em torno de sua poesia.

No campo de batalha

Como a pintora Clotilde de Quadros Cravo está trabalhando em tempo integral para duas individuais - uma no Clube Curitibano, outra na Biblioteca Pública, este ano não pode organizar o VI Salão de Artes Plásticas do Círculo Militar. O presidente Almir Silva encarregou a poeta Gladys Gama França desta missão. Gladys, 4 livros publicados, esvoaçante figura dos circulos lítero-sociais da cidade, prepara-se também para entrar na área das artes plásticas e já tem planos até para uma vernissage super-badalada. xxx

Aqueles jovens premiados dos primeiros concursos

Pelo menos três dos seis escritores convidados para o Seminário de Literatura (Biblioteca Pública, 6 a 10 de junho), evento paralelo para marcar o reaquecimento do concurso nacional de Contos, aceitaram vir a Curitiba com uma certa dose de emoção. Dois deles, mais jovens, por terem justamente tido na antiga fase do concurso nacional de contos, suas primeiras oportunidades de aparecer nacionalmente. E a única mulher presente ao seminário como conferencista - Edla Van Steen - por ter raízes profundas com Curitiba, onde passou sua adolescência.

Os tempos dourados da bela Edla em Curitiba

Edla Van Steen e Sábato Magaldi decidiram prorrogar até amanhã a sua estadia em Curitiba. Ontem á noite, falaram sobre editoração e dramaturgia, respectivamente, no Seminário de Literatura (que se encerra hoje, 19 horas, auditório da Biblioteca Pública, com a palestra de Luís Fernando Emediato) mas hoje estarão revendo, com mais calma, amigos de muitos anos.

No campo de batalha

Zelinha Brandão, atriz e, sobretudo, entusiasta em fazer coisas artísticas, apresentará entre os dias 14 e 22 de maio, no Sesc da Esquina, um novo espetáculo: "Levando a Vida na Flauta", com direção de Maria Adélia Ferreira. Que explica como "um trabalho cênico em cima da Sonata em Lá Menor para flauta solo de Bach, onde o flautista questiona o seu procedimento como artista e se lança em busca do público e de si mesma". Na segunda parte o trabalho é feito a partir da peça "Syrinx", de Debussy, com a história de uma menina que ganhou de aniversário uma "caixinha de tristeza".
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br