Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Fundação Teatro Guaíra

Fundação Teatro Guaíra

O reitor Euro reedita o tira dúvidas de seu pai

Preocupações com greves de estudantes, desenvolvimento de novos projetos para 1990 e mesmo as questões ligadas a sua recondução ao cargo de reitor da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, obrigaram o professor Euro Brandão a adiar um trabalho que vinha elaborando há muitos meses, "com o maior prazer e emoção": a revisão dos textos para mais uma obra póstuma de seu pai, também professor e educador de várias gerações, Nilo Brandão (1895-1967).

O "Barbeiro" já conseguiu recuperar 50% de seu custo

Em apenas quatro apresentações, aproximadamente 8 mil espectadores deixaram nas bilheterias do Teatro Guaíra nada menos que Cr$ 3.257.000,00. Isto representa pouco mais de 50% do que foi investido na produção desta ópera e se a temporada não fosse tão curta, com pelo menos mais seis apresentações, seria possível recuperar o seu custo.

O teatro Barracão do Paraná para uma praça em São Paulo

Anuncia-se quatro super-teatros para São Paulo mas é possível que um dos próximos espaços a serem abertos naquela capital seja de proporções mais modestas e, pasmem!, bancado pelo governo do Paraná. Será o projeto Barracão chegando a paulicéia desvairada, com um teatro prático, simpático, construído em madeira, painéis de Poty Lazarotto e Vicente Jair Mendes e beneficiando um dos bairros de maior agito cultural - Pinheiros, onde, no início dos anos 80, o Lira Paulistano, marcou época.

Para atualizar agendas na ciranda da política

Nada mais natural do que uma ciranda em cargos do segundo ao quarto escalão (em alguns casos) após a reforma do secretariado no furacão que se seguiu a decisão do governador Álvaro Dias em permanecer no cargo até o último dia de sua administração. Assim, independente de divulgações esparsas de nomeações que ainda estão acontecendo, eis algumas designações a serem anotadas para atualizar agendas. xxx

No campo de batalha

Após 70 dias de Europa (com passagem de 10 por Nova Iorque), Marcelo Marchioro voltou no dia 19. Só que a produção da remontagem de "Tosca" (amanhã e domingo) estava tão atrapalhada que passou esta semana dentro do Guaíra, tentando ajustar o espetáculo. A primeira récita foi ontem a noite e, ao final do espetáculo, extenuado, o diretor quase desmaiou. De cansaço... xxx

Era uma vez um projeto para promover a música paranaense

Mais uma imensa baixa no panorama cultural paranaense: após 18 meses de trabalho, investimentos no valor de US$ 200 mil e prejuízos que passaram dos US$500 mil, o animador cultural Romário Borelli está fechando a Alamo-Sul, estúdio de som que pretendia atuar na área de produções fonográficas em Curitiba, atingindo todo o Estado.

Romário, idealista animador cultural

Há 11 anos, quando assumiu a direção de arte e programação da Fundação Teatro Guaíra, o engenheiro Luiz Esmanhoto, ex-ator e ex-crítico de teatro (hoje um dos mais bem pagos consultores em informática do país), definiu-se pela peça "O Contestado" para marcar o reaparecimento do Teatro de Comédia do Paraná. Contratou um dos bons diretores que surgiram nos anos 70, Emílio Di Biase, reuniu um grupo de intérpretes seguros e a monatagem da peça que fala sobre a questão do Contestado, entre Paraná e Santa Catarina, foi um sucesso de público e crítica.

O belo som da Orquestra de Câmara de Blumenau agora em CD

Finalmente o produtor Romário Borelli, do Estúdio Álamo, responsável pela coordenação na edição do primeiro álbum da Orquestra Sinfônica do Paraná, entregou ao superintendente da Fundação Teatro Guaíra, Constantino Viaro, os primeiros exemplares do álbum - cuja distribuição começará agora.

Palmas ao maestro Bocchino!

Nas cinco noites em que está regendo a Sinfônica do Paraná nas récitas de "Tosca", o maestro Alceo Bocchino não pode deixar de viajar no tempo e no espaço e lembrar-se de que, há quase cinco décadas, quando ainda iniciava seus caminhos musicais, fazia as primeiras regências em Curitiba. E justamente a ópera de Puccini foi uma das que teve ocasião de dirigir no antigo Teatro Guayra (com "Y"), antes de deixar definitivamente Curitiba pelo Rio de Janeiro - cidade em que faria uma bela carreira como pianista, regente e compositor.

"Tosca" ganhou justos aplausos

Uma das raras críticas especializadas em ópera no Brasil, a Sra. Maria Teresa Del Moro, colaboradora da "Última Hora", Rio de Janeiro, assistiu as duas récitas de "Tosca", na quarta e quinta-feira da semana passada e, não escondeu algumas opiniões, antecipando aquilo que estará em seu artigo prometido para a edição de hoje do jornal carioca. Entre outras coisas, disse a várias pessoas que nos últimos 30 anos, no Brasil, esta foi a melhor montagem que assistiu da ópera de Puccini.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br