Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Hotel Nacional

Hotel Nacional

FestRio: o cinema é a notícia

Rio de Janeiro
Tags:

No campo de batalha

Afinal, designado um responsável pelo Teatro do Paiol, casa que estava abandonada há meses: Mário Ferreira, 33 anos, que começou como iluminador e posteriormente coordenou o Teatro Universitário, está agora esforçando-se para resolver os graves problemas técnicos daquela casa de espetáculos. xxx Também o setor de música da Fundação Cultural tem novo responsável: é João Paulo, ex-integrante da Camerata Antiqua. Substituiu a competente e simpática Glacy Gottardelo, que volta a publicidade. Nos planos de Glacy, uma longa viagem ao Japão, terra de seu pai. xxx

O cinema (muito) falado de Caetano

Horas após assistirmos, em sua estréia mundial, ao filme "O Cinema Falado", em exibição hors concours durante o III FestRio (novembro/86), e relatando em O Estado do Paraná a polêmica que se seguiu, provocada pelas (justas) vaias que o cineasta Arthur Omar ("Tristes Trópicos", "O Som") estimulou durante a projeção na Sala Glauber Rocha (Hotel Nacional, RJ), escrevíamos que este seria o filme que mais discussões provocaria e ganharia os melhores espaços na imprensa nacional. E não deu outra!

O "Araçá Falado"

"É um filme com a cara e a cabeça de Caetano, no qual ele se expõe, expõe suas opiniões sobre cinema, literatura, música, pintura, sexo, mesmo quando se utiliza de textos alheios, de trechos de obras que ele diz terem marcado sua vida". (Pola Vartuck elogiando "O Cinema Falado", no Caderno 2, "O Estado de São Paulo", 20-12-86).

Geléia Geral

Willie Nelson (Fort Worth, Texas, 1933) é hoje o maior nome da música country nos Estados Unidos. Dono de imensa popularidade, dezenas de álbuns gravados e incursões cinematográficas - após sua vigorosa presença em "O Cavaleiro Elétrico" (revisto na semana passada na televisão), Willie não ficou apenas nas canções country. Com sua voz privilegiada e arranjos muito próprios evoluiu para um repertório romântico, fazendo ao menos um lp ("Stardust") explodir nas paradas de sucesso. Com isto chegou também em destaque no Brasil, onde a música country não tem o público maior.

Jazz vive nos palcos do Free Festival

Pela quinta vez nos últimos 8 anos, um grande evento jazzístico traz ao Brasil grandes nomes do jazz. Em sua segunda edição, o Free Jazz Festival, dividindo-se entre São Paulo (Anhembi, 27 a 31 de agosto) e Rio de Janeiro (Hotel Nacional, 2 a 7 de setembro) apresenta grandes nomes do jazz - desde o veterano Ray Charles, 54 anos - até estrelas ascendentes - como Wynton Marsalis, Stanley Jordan e David Sanborn.

O sax de Sanborn

A inclusão do saxofonista David Sanborn como um dos destaques do Free Jazz Festival (dia 28, Anhembi; dia 6, Hotel Nacional) somada ao sopro moderno e criativo deste instrumentista que tem acumulado prêmios como Grammy e chegado também entre os mais vendidos, animou a WEA a relançar dois de seus elepês ("Hideway" e "Backstreet") e apressar o lançamento do recente "Double Vision", dividido com o tecladista Bob James.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br