Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS MPB

MPB

No campo de batalha

Francisco Alves dos Santos, que durante 15 anos fez um belíssimo trabalho de prestigiamento ao cinema brasileiro, continua a merecer admiração de cineastas e promotores culturais. Foi convidado por Esdras Rubim, diretor do Festival de Gramado, para cobrir o festival - que, aliás acompanha há 12 anos. Já Guido Araújo, diretor da Jornada Internacional de Cinema da Bahia, designou o bom Chico para coordenar no Paraná a participação dos videastas e cineastas a 18ª edição deste encontro que acontecerá de 20 a 26 de setembro em Salvador.

Revival bossa-novista com Rita, Tim e show ao vivo

Os bons fluídos de "Chega de Saudade", de Ruy Castro (Companhia das Letras) continuam no ar. Houve uma saudável reavaliação do mais feliz período da MPB nos últimos 40 anos, Johnny Alf e os Cariocas voltaram a gravar e Rita Lee e Tim Maia também reapareceram com álbuns "soft", no astral da harmonia e o romantismo da Bossa Nova.

Elba, do agreste a "La Vie en Rose"

Cantriz da maior presença nos palcos, que saiu do semi-anonimato na peça nordestina "Viva o Cordão Encantado", de Luiz Mendonça para ocupar um dos mais privilegiados espaços no restrito círculo das superstars da MPB, a paraibana Elba Ramalho tem procurado, inteligentemente, ampliar seu mercado - e temporadas em Nova York e outras metrópoles tem sido bem sucedidos - bem como não ficar restrita a um repertório carimbado em suas origens.

O canto nordestino do carioca Manhães

Para o público, parece um estreante. Mas seu curriculum é impressionante: quase 100 discos de samba. Só que como produtor - aquela figura que fica numa posição (quase) obscura, especialmente quando os artistas são populares, tipo Marquinhos Satã, Zeca Pagodinho, Almir Guibeto, Dominguinhos do Estácio, Grupo Fundo de Quintal, Jorge Aragão, Mauro Diniz, Reinaldo, Jovelina Pérola Negra, etc. Para o público destes artistas, raramente há preocupação de saber "quem" produziu o disco.

Brasilidade nas dez canções concorrentes

São Paulo Venceu a brasilidade! Duas belíssimas canções de raízes interioranas - "Brabuleta" (Marcos Flexa/Paulo Azevedo) e "Tâmarera" (Marku Ribas/José Edward) - falando em ecologia e natureza, mas com extrema originalidade - e até rock-protesto ("Eládio"), do mineiro Sérgio Moreira, ironizando o desprestigiamento da música brasileira por disc-jóqueis colonizados - foram vitoriosas do Festival Carrefour de MPB (domingo, ginásio do Pacaembu).

Antigos sucessos na voz gostosa de Maria Creusa

Uma das maiores preocupações das cantoras(es) está em conseguir repertórios para suas gravações e, em conseqüência, shows. Até os anos 60, raros compositores atreviam-se a gravar suas músicas - entregues aos intérpretes - que disputavam exclusividade. A partir da liberdade que levou os autores a também se transformarem em intérpretes, conseguir músicas novas, inéditas - e de qualidade - passou a ser uma disputa violenta.

"Bric à Brac", a grande revista das vanguardas

Enquanto Miran faz de sua Gráfica uma publicação de dimensão internacional, em Brasília, um grupo de poetas e jornalistas esforça-se há seis anos na produção de uma revista igualmente exemplar em termos de qualidade: "Bric à Brac".

Plebe Rude e Clara Sandroni em shows

Clara Sandroni, o braço musical de Austregésilo de Athayde, pela primeira vez canta em Curitiba. Com o show "Noite Clara" , ela pisa no palco do Teatro Paiol amanhã e domingo. Já a noite de hoje está reservada para o Aeroanta, marcando a volta do grupo Plebe Rude aos palcos.

Academia de Dança trouxe a grande Orquestra Tabajara

Anualmente, um item que se torna difícil preencher na escolha dos melhores do ano é "melhor lp de orquestra de música popular brasileira". Isto porque raramente as nossas - também raras - orquestras que se dedicam a música popular têm chances de fazerem discos. Por isto o aparecimento de um álbum como "Academia de Dança - as músicas mais tocadas nas academias de dança"(Sigla/ Som Livre) merece ser saudada auspiciosamente.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br