Login do usuário

Aramis
Conteúdo sindicalizado RSS Museu de Arte Contemporânea

Museu de Arte Contemporânea

No Rívoli, domingo, a sua útima sessão de cinema

No domingo, dia 3 de janeiro, Curitiba perde mais um cinema. Após a última projeção de "A Rainha do Sadismo", às 22 horas, as portas do Cine Rivoli, serão fechadas e só voltarão a abrir para a retirada de suas poltronas e do equipamento de projeção – cujo destino ainda não foi definido, pelo sr. João Aracheski, executivo da Fama Filmes no Paraná.

Maria Amélia, nova diretora para o MAC

Finalmente, após um mês sem direção - desde quando a Sra. Nadyege Almeida pediu demissão do cargo - o Museu de Arte Contemporânea tem, desde a última sexta-feira, novo comando: Maria Amélia Jujender, com um bom currículo na área de animação cultural. Residiu por 14 anos na Alemanha - período em que fez vários cursos nas áreas musicais e de artes plásticas, presidiu a Pró-Música entre 1986/88 - período em que a instituição teve intensas atividades - e desde o início do governo Roberto Requião vinha coordenando a área cultural do Banestado.

Na luta pela Câmara a disputa é até familiar

A disputa das 33 cadeiras da Câmara de Curitiba vai proporcionar muitas notícias curiosas. Afinal são mais de mil candidatos que pretendem conseguir vagas nas chapas dos diferentes partidos - e na primeira triagem, quando as convenções selecionarão os 99 de cada partido - já haverá uma briga de foice. xxx

Artigo em 13.06.1992

Ex-músico, hoje requisitado kabalista, Sant`Anna, uniu-se ao professor José Loures Ribeiro, do Mistical Centter do Brasil, para desenvolver uma série de cursos sobre "O Homem e o Universo", a partir do dia 11 de julho. A renda obtida será destinada aos moradores da cidade de Rio Negro atingida pelas enchentes. Informações sobre o curso - que terá a participação do sensitivo José Enrique Vasques Saldiva, do Centro Internacional de Diagnoses e Terapias Alternativas, poderão ser obtidas pelos fones 263-2090 ou 247-6751, com Ribeiro. xxx

Artigo em 04.06.1992

Mudanças na área cultural: Nadyege Almeida solicitou demissão da direção do Museu de Arte Contemporânea. Para sua vaga, há três candidatos: Carlos Eduardo Zimmermann, pintor que desfruta hoje de fama nacional (mas que nunca exerceu atividade oficial): Marcos Mello, videasta, professor e dono da galeria Casa da Imagem, e Geraldo Leão, artista plástico da nova geração. Também deixou a direção do Museu de Arte do Paraná, a professora Clarete Maganhotto. xxx João Osório Brzezinski, sempre cotado para a área, continua decidido: não aceita cargos de direção. xxx

A guerra nas artes plásticas

Zum-Zum nas artes plásticas neste longo final de semana: Edson Busch Machado, o irmão mais moço de Juarez e ex-diretor do Centro Integrado de Cultura em Florianópolis (depois de ter dirigido o Museu de Arte de Joinville, sua terrinha natal), teria recusado a direção do Museu de Arte Contemporânea, para a qual foi indicado por João Osório Brzezinski - primeiro convidado a substituir Maria Cecília Noronha.

Uma produção faraônica na pedreira do Leminski

Ao reservar quase Cr$ 5 milhões para financiar o curso de Ética - pagando o apreciável cachê de Cr$ 60 mil por palestra - a Secretaria Municipal da Cultura mostra não só uma excelente situação financeira como também acena para remunerações altas a todos que, de agora em diante, se dispuserem a participar de qualquer evento patrocinado pelo município de Curitiba.

No campo de batalha

Clima tenso ontem no edifício do BADEP: desde as primeiras horas da manhã começaram a ser dispensados, oficialmente, os 325 funcionários da casa. Todos, naturalmente, já com advogados trabalhistas contratados para uma demanda que vai obrigar o governo a gastar muitos bilhões de cruzeiros em indenizações trabalhistas. xxx

Viriato e Schwanke irão para a Bienal

Um destaque merecido: Edilson Viriato, 25 anos, paranaense de Paraíso do Norte, foi o único representante do Paraná selecionado para a 21ª Bienal Internacional de São Paulo a partir do dia 21 de setembro. É também ao lado de Fúlvio Marquezi, igualmente com 25 anos, o mais jovem participante desta mostra, que mesmo com todos os problemas que vem enfrentando continua a ser o maior evento das artes plásticas do Brasil.

A guerra dos DAS-5

Uma bolsa das mais originais e exclusivas está acontecendo no primeiro escalão do governo Roberto Requião: a permuta das disputadas funções gratificadas dos gabinetes.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br