Login do usuário

Aramis

Artigos por data (1987 - Maio)

Pelas ondas da PRB-2 o Nativismo está chegando

A Rádio Clube Paranaense marcou um gol em termos de audiência nas regiões Oeste e Sudoeste, ao transmitir, domingo à noite, o encerramento do II Carijó da Canção Gaúcha, em Palmeira das Missões (450 km de Porto Alegre). Entretendo o óbvio - ou seja, a maciça presença de gaúchos e filhos destes, no Paraná. Ubiratam Lustosa apoiou o projeto do jovem Cesar Setti, 22 anos e, mais uma vez, a Clube foi a única emissora do Paraná a transmitir um festival nativista de vigor. xxx

Alemão Batata, a saga da colonização alemã

De passagem por Curitiba, na semana passada, o cineasta e jornalista Frederico Fullgraf falou dos trabalhos de pré-produção de seu primeiro longa-metragem, projeto que, antes mesmo de regressar ao Brasil, em 1980, o entusiasmava. Nascido na Alemanha, infância e juventude em Curitiba (seu pai, Willi Fullgraf, foi o braço direito da Impressora Paranaense durante anos). Frederico residiu 15 anos na Alemanha Ocidental, trabalhando em jornalismo para rádio, televisão e imprensa - fazendo coberturas internacionais.

No campo de batalha

Agora bem organizada estruturalmente, a Globo lança a "Globo-Revista Literária", com edição de Jaime Rodrigues e trazendo interessantes textos sobre seus grandes editados: Mário Quintana, Jorge Luis Borges e Érico Veríssimo. xxx O catálogo da Globo é amplo e variado e, pela primeira vez é possível encontrar toda a obra de Mário Quintana, em edições baratas e cuidadosamente produzidas: "80 Anos de Poesia", "Baú de Espantos", "Nova Antologia Poética", "Apontamentos de História Sobrenatural" e seu livro infantil "O Batalhão das Letras", ilustrado por Vera Muccillo. xxx

No dia 26, a entrega do "Grammy" nacional

A intenção é manter os resultados no mais absoluto sigilo, no melhor estilo do Grammy e do Oscar. Assim, o diretor do Instituto Paulista de Pesquisas de Mercado, Antonio Leal de Santa Inês, está supervisionando com o maior cuidado a votação final para a entrega do Troféu Villa-Lobos, na promoção da Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Ao ser instituída, em 1974, O Troféu era apenas para os que vendiam mais discos, mas neste ano, além dos campeões comerciais, haverá também premiações de qualidade.

Um ano de euforia

Na euforia do Cruzado I, um dos segmentos mais beneficiados foi a indústria fonográfica. Nunca se vendeu tantos discos como no ano passado, ao ponto das gravadoras terem problemas de produção. Por exemplo, pra conseguir prensar um milhão de cópias do disco anual de Roberto Carlos, a CBS teve que conseguir licença especial do então ministro Dilson Funaro, para fazer 500 mil cópias na CBS argentina. Embora a crise pós-Cruzado II tenha seus reflexos na venda dos discos - hoje ao preço de Cz$ 170,00 a Cz$ 250,00 - a indústria fonográfica ainda está reagindo bem.

A filha enjeitada dos donos do poder

Um complemento a comentário aqui publicado, sobre a Escola de Música e Belas Artes do Paraná: cabe ao professor Ascêndio Garcia Lopes, da Secretaria Extraordinária de Ensino Superior, Ciências e Tecnologias - e não mais Belmiro Valverde Jobim Castor, da Educação - a solução da crise - tanto física como de direção da EMBAP.

Com mais quatro estréias, melhoram opções nas telas

Mais quatro estréias numa temporada de excelentes opções: "Execução Sumária", de Craig T. Rumar (São João), "Perigosamente Juntos", de Ivan Reitman (Condor) e "Deserto em Flor" de Eugene Corr (Cinema I) e "A Mosca", de David Gronenberg (Plaza). Somando-se os filmes que estão em cartaz, há programas para todos os gostos, em temporada auspiciosa para quem gosta do bom cinema.

Amélia, mulher otimista, quer salvar a Pró Música

Com muitas idéias na cabeça, otimismo apesar dos tempos bicudos e a experiência do que observou em seus 12 anos de vivência na República Federal da Alemanha, Maria Amélia Junjenge assumiu a Presidência da Pró-Música. Assumiu sabendo que não há saldo em caixa, que existem apenas 102 sócios que pagam Cz$ 200,00 por mês e que a época das vacas gordas em que os grandes nomes da música erudita - e até orquestras - vinham ao Brasil subsidiadas por seus países já passou.

No campo de batalha

A popularidade do governador Álvaro Dias está crescendo em Mato Grosso, Rondônia e alguns outros estados, tal a generosidade com que o Paraná vem cedendo professores e técnicos para ficarem à disposição destas unidades: somente numa edição do "Diário Oficial", foram autorizadas a permanência à disposição do governo de Mato Grosso de 13 professoras. xxx Já para a Universidade Federal de Santa Catarina foram colocadas à disposição as bibliotecárias Neusa Cordeiro Bueno e Maria Theresinha de Neves Freitas. xxx

O açougueiro do Norte contra cineasta voador

Mais um filme paranaense em fase de finalização. Na próxima semana, Altenir Silva (Bilinha), 24 anos, faz os trabalhos de dublagem e sonorização de "O Açougueiro do Norte Contra o Cineasta Voador", curta, 13 minutos, rodado, como sempre, com seus próprios recursos.

Um filme de curtição com estréia em 180°

Com nove entre os filmes que concorreram em Gramado, também "O Açougueiro do Norte Contra o Cineasta Voador" é um filme de amor ao cinema. Repleto de citações - característica de cineastas em início de carreira - declaradamente dedicado a Glauber Rocha ("Deus e o Diabo na Terra do Sul") e Nelson Pereira dos Santos ("Vidas Secas"), Altenir Silva - que nem havia ainda nascido em 1964, quando aqueles dois filmes foram realizados - construiu um roteiro satírico, crítico e bem-humorado.

Angela Maria segura o Conde prejudicado

Como Nelson Gonçalves, também Angela Maria há muito já passou da gravação do 100º elepê. Eles são cantores populares, da época em que o artista entrava no estúdio e fazia o disco praticamente numa única sessão. Substituindo a sofisticação que tornou a produção fonográfica cada vez mais cara, Nelson e Angela tem a segurança de gravarem um disco de grande aceitação em poucas horas.

Gerônimo, o negão do fricote baiano

Mais uma vez um lançamento de época chega com atraso ao Sul. Só depois do Carnaval, a Continental começou a catituar nas emissoras do Sul o mix do cantor-compositor Gerônimo, 33 anos, que com a música "Eu Sou Negão", apareceu este ano como o mais sério concorrente de Luiz Caldas em termos de execução de rádio e no repertório dos 30 trios-elétricos de Salvador.

Kitaro, a "new age music" da esperança

É uma pena que a Rádio Estadual, a eterna ausente da vida cultural curitibana, não tenha, até agora, sequer se interessado pelo projeto da jornalista Myrna Gytszch, que há 4 meses vem apresentando pela FM Eldorado, de São Paulo, o programa "Música da Nova Era". Após ter morado por cinco anos na Califórnia, Myrna retornou trazendo o que há de mais up to date aquilo que se chama de New Age Music, com propostas inovadoras de instrumentistas originais e criativos, que tem buscado uma linha soft, relaxante em termos musicais.

As Sinfonias Doméstica e Alpina e Richard Strauss

Um dos compositores clássicos mais populares, Richard Strauss, tem duas sinfonias em novas gravações na praça. "Eine Alpensinfonie" (Uma Sinfonia Alpina), com a Concertgebow Orchestra, de Amsterdam ,sob a regência de Bernard Haitink e a "Sinfonia Doméstica", com a Filarmônica de Viena, sob a regência de Lorin Maazel. Ambas, edições da Polygram.

Villa-Lobos lembrado com ótimas produções

O centenário de Heitor Villa-Lobos (Rio de Janeiro, 5/3/1887-17/11/1959) felizmente não foi esquecido. Uma programação que se estenderá até o final do ano, não só no Brasil mas no exterior, incluiu milhares de concertos com suas obras, publicações, conferências, etc.

O Paraná necessita de livros. Mas será preciso uma Fundação?

A repercussão não poderia ser melhor. Afinal, não há quem seja contra: tudo que se relacione ao livro merece ter prestigiamento. Um país se faz com homens e livros, repete-se exaustivamente, só que as bibliotecas, já poucas, emagrecem-se no lugar de crescer e há centenas de localidades sem uma única biblioteca.

Criar, o bom exemplo da honesta editoração

É lamentável que ao lado dos nomes escolhidos pessoalmente pelo secretário René Dotti para compor o grupo de trabalho que estuda a implantação da Fundação Estadual do Livro não tenha sido sequer lembrado do professor e escritor Roberto Gomes, 42 anos, catarinense de São Francisco do Sul, desde 1964 radicado em Curitiba - e o mais organizado e dedicado de todos que, até hoje, aqui tentaram implantar uma indústria editorial.

The Doors e Traffic para quem tem menos de 20 anos

Como a geração nascida nos anos 70 é um público vigoroso para o pop da década passada - e também dos anos 60 - a WEA - continua, astutamente com seu projeto "Rock Pesquisa", reiniciado agora com as reedições dos disco do The Doors ("Absolutely Life") e Traffic ("Welcome To Canteen"). O Roco Pesquisa tem um inteligente sistema de marketing: através de consultas junto ao público, jornalistas, radialistas e lojistas, são reunidas as sugestões dos discos que devem ser reeditados. THE DOORS

Deserto dos adultos na flor da infância

O roteiro (Linda Remmy/ Eugene Corr) é simples, sem qualquer pretensão maior. Podem até reclamar os vanguardistas de mesa de bar que não há nada de novo. Realmente, a sensibilidade, o amor, a descoberta das coisas da vida, encontro de pessoas não foram inventadas pela geração pós-moderna, nem pelos concretistas paulistas. São sentimentos eternos.
© 1996-2016. tabloide digital - 35 anos de jornalismo sob a ótica de Aramis Millarch - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Altermedia.com.br